RSS

Multiverso

Pedaços, sendo eu de um lado

você de outro.
Façamos juntos
o meio
o esquerdo, direito
torto, colado
de um todo
só nosso.  

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em abril 25, 2014 em Uncategorized

 

Tags: , , , ,

Vento musicado


Sinto a brisa musicar entre a brecha da porta, a canção triste dos dias ;
Ao longe um emaranhado de pessoas cinzas, sujas com a poeira das usinas…

 
1 comentário

Publicado por em julho 29, 2011 em Uncategorized

 

Uma simples coisa chamada viver.

,dor, dor.
Dò.
,sentir, sentir.
Mentir.
,viver,viver.
Esquecer :

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 17, 2011 em Uncategorized

 

Uma flor

Toda flor que há…encanta
exala ferrugem e abandono
daquele que á espanta

Agora foges do meu abrigo?!

Sem a cruz no peito
anunciandos adeuses.
Pobre razão, por ti tenho desleito,
mas que desfecho essa história teve.

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 24, 2011 em Uncategorized

 

Que pobre fim

Em um dia qualquer
passei entre dedos um anel.
Daqueles possiveis amores…
Olhei adiante, avistei colunas, prédios, nuvens cinzas
aguardo que a tal hora chegue.

Sem razão, tudo se dispersa e finjo saber o porquê.
fingir tambem é acreditar…
Acanhado na sala de estar, não estando lá.

“Viver neste mundo sem amar é pior que ser cego de nascença.”

A espada pingando ferrugem de cancer
rapidamente se torna serpente,
vens de encontro ao meu peito.
As palpébras pesadas com litros de uma substância não codificada
pelo meu sistema.
Rasga ao incurtar os rachados poros da pela já envelhecida.

 
2 Comentários

Publicado por em maio 25, 2011 em Uncategorized

 

Velho cara sentido e chato de sempre.

Sem querer, ela me deu um espelho de bolso.
Que carregado em sua mão
refletia desespero:
de encontrar ante mão, um refúgio
em meio a solidão…

Relampejos no céu cinza
de um outro alguem
faminto por desejo, por não querer ninguem.

Somente eu sei como lateja a dor em meu peito.
Desfruto do bem por direito
Pra quem sabe um dia dizer que amei
E dizer que é injusto minhas falsas citações.

Soluços é causa do teu choro criança
lembra bem ?
Lembra da historia do meu Cerbero
que guarda teu amor.
Hoje ele pediu as contas e foi embora…

E a possivel cruz dos pecados foi corroida por cupins.

 
Deixe um comentário

Publicado por em maio 6, 2011 em Uncategorized

 

Na varanda a observar quem vai e quem vem.

Nova casa, novo ambiente, novos amigos.Essa foi a frase que habitou meu cerebelo por alguns dias.
Me mudei pra casa de dois amigos-Jofran e Ricardo-ambos trabalham com Cultura e me acolheram com o maior carinho e respeito.
O apartamento se localiza no centro da cidade de Sousa Pb, fica perto de tudo, e sem contar a linda vista que toda aurora e crepusculo eu contemplo, sentado naquela varanda observando o passar rapidos das pessoas contando seus passos.Mas não vim aqui pra falar da vida alhei, alias o nome do blog é “Um contra o mundo” e não “todos contra o mundo”…RsRs

E brincadeiras a parte, ando umpouco preucupado com tudo que está acontecendo, e o medo de fraquejar e falhar sempre bateu na minha porta.Não obstante, fico mais chateado com pessoas da minha familia que ao invés de me tratarem com verdades, apenas me entregam as mentiras.Falo isso não com rancor, mas com um sentimento de desprezo e vontade de não mais olhar nos olhos dessas pessoas.

No entanto voltando para o assunto da nova vida, o bom de morar com produtores é que sempre vem algum artista dormir na casa.Essa semana recebemos a visita do pessoal que acompanha o cantor Geraldo Junior, uma trupe de 7 malucos.Jogamos video game, conversamos sobre musica, foi muito prazeroso efalamos muita merda…
Então, aproveitando a deixa, por que não acessem o site do http://www.geraldojunior.com.br/.
Pois sou muito suspeito pra falar alguma coisa sobre a banda, mas o que mais me chamou mais a atenção foi a diversividade de sons, ritmos que acompanham essa banda.

 
Deixe um comentário

Publicado por em maio 1, 2011 em Uncategorized